FATO RELEVANTE

 

A CCR S.A. (“Companhia” ou “CCR”) (B3: CCR03; Bloomberg: CCR03 BZ; Reuters: CCR03.SA), em complemento ao fato relevante divulgado em 26 de novembro de 2019, informa que, nesta data, foi proferida decisão no âmbito de agravo de instrumento interposto perante o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (Proc. nº 0002451-66.2019.4.01.0000) suspendendo os efeitos da Deliberação 1025 ANTT (que havia determinado a redução, em 53,94%, da tarifa básica de pedágio de todas as praças compreendidas na BR-163/MS, objeto de Contrato de Concessão celebrado entre a União e a Concessionária de Rodovia Sul-Matogrossense S.A. (“MSVia”), sociedade controlada pela CCR) até que sejam apreciados os conflitos decorrentes do desequilíbrio contratual pelo juízo arbitral.

A MSVia retomará a cobrança do valor anterior da tarifa às 00:00 do dia 1º de dezembro de 2019.

A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados a respeito de eventuais desdobramentos relacionados ao assunto.

 

São Paulo, 30 de novembro de 2019.

CCR S.A.

Arthur Piotto Filho

Diretor de Relações com Investidores