A CCR S.A. (“CCR” ou “Companhia”) (BM&FBovespa:CCRO3; Bloomberg: CCRO3BZ; Reuters: CCRO3.SA) vem, com base nas disposições da Instrução CVM nº. 480, de 07 de dezembro de 2009, conforme alterada, comunicar aos seus acionistas e ao mercado em geral, a seguinte transação entre partes relacionadas, celebrada em 19 de junho de 2018:

Nome das Partes Relacionadas Rodonorte – Concessionária de Rodovias Integradas S.A. (“Rodonorte”) e a Cesbe S.A. Engenharia e Empreendimentos (“Cesbe”).
Relações com a Companhia Rodonorte: Controlada direta da CCR (85,92%), Porto de Cima Concessões S.A. (“Porto de Cima”) (6,00%) e Cesbe Participações S.A. (“Cesbe Participações”) (8,08%).

 

Cesbe: é controlada pela Cesbe Participações (99,93%).

 

Portanto, a Rodonorte e a Cesbe, possuem um acionista indireto em comum, qual seja, a Cesbe Participações.

Data da Transação 19 de junho de 2018.
Partes do Contrato Contratante: Rodonorte.

Contratada: Consórcio formado pelas empresas Cesbe e De Amorim Construtora de Obras Ltda. (“Consórcio Cesbe/De Amorim”).

Objeto do Contrato Execução das obras de Duplicação da Rodovia BR-376 (Rodovia do Café), compreendendo a construção da nova pista, dos trechos 17, 18 e 19, no Estado do Paraná, conforme quadro abaixo:
Principais Termos e Condições Valor: R$ 72.749.864,37 (setenta e dois milhões, setecentos e quarenta e nove mil, oitocentos e sessenta e quatro reais e trinta e sete centavos).

 

Prazo: O prazo para a execução das obras será de 18 (dezoito) meses, contados a partir da data da Ordem de Serviço.

Razões pelas quais a administração da Companhia considera que a transação observou condições comutativas ou prevê pagamento compensatório adequado A administração da Companhia considera que a transação ora comunicada observou condições comutativas, pelas seguintes razões:

 

(i) Foram observadas as regras previstas na Política para Transações entre Partes Relacionadas da Companhia, conforme disponível no site da Companhia e da Companhia de Valores Mobiliários (“CVM”);

(ii) Em consonância com o item (i) acima, foi realizada concorrência regida pelo princípio de Back-to-Back, com remuneração dos itens unitários de serviços pela tabela contratual da Rodonorte junto ao Poder Concedente, sendo que a contratada será remunerada à mesma razão que a Rodonorte, tanto em relação aos serviços de natureza operacional direta de construção, quanto às demais despesas administrativas e indiretas. Foram convidadas 07 (sete) empresas, das quais 05 (cinco) apresentaram propostas;

(iii) As condições pactuadas para esta contratação estão em consonância com a prática de mercado; e

(iv) Foi celebrado contrato de empreitada a preço estimado refletindo as condições pactuadas, composto por (a) cláusulas gerais semelhantes a qualquer contratação de mesma natureza e (b) cláusulas específicas em relação às condições econômicas da contratação realizada, em consonância com a proposta vencedora e com as condições específicas de execução do escopo contratado.

 

Informações sobre a eventual participação da contraparte, de seus sócios ou administradores no processo de decisão da Companhia acerca da transação ou de negociação da transação como representantes da Companhia, descrevendo essas participações O Conselho de Administração da CCR aprovou, por unanimidade dos votos dos membros presentes, a referida contratação.

 

O Conselho de Administração da Rodonorte, considerada a abstenção do Sr. Carlos de Loyola e Silva, indicado pela acionista Cesbe Participações S.A., por unanimidade dos votos dos membros presentes, a referida contratação.

 

 

 

São Paulo/SP, 28 de junho de 2018.

CCR S.A.

ARTHUR PIOTTO FILHO

Diretor de Relações com Investidores