Para fins do disposto na Instrução CVM nº 358 de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada (“Instrução CVM 358”) e na Instrução CVM nº 476, de 16 de janeiro de 2009, conforme alterada (“Instrução CVM 476“), a CCR S.A. (“CCR” ou “Companhia“) (BM&FBovespa: CCRO3; Bloomberg: CCRO3 BZ; Reuters: CCRO3.SA) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que o Conselho de Administração da Companhia, em reunião realizada em 11 de fevereiro de 2016, aprovou a 2ª (segunda) emissão de notas promissórias comerciais, em 6 (seis) séries, com valor total de R$110.000.000,00 (cento e dez milhões de reais) na data de emissão (“Notas Comerciais“) e com prazo de (i) 6 (seis) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Primeira Série; (ii) 12 (doze) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Segunda Série; (iii) 18 (dezoito) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Terceira Série; (iv) 24 (vinte e quatro) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Quarta Série; (v) 30 (trinta) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Quinta Série e (vi) 36 (trinta e seis) meses contados da data de emissão, para as Notas Comerciais da Sexta Série.

A emissão das Notas Comerciais será objeto de distribuição pública com esforços restritos de colocação, nos termos da Instrução CVM 476, com garantia firme de colocação para a totalidade das Notas Comerciais.

Os recursos captados com a emissão das Notas Comerciais serão destinados para o reforço do caixa da Companhia.

São Paulo, 11 de fevereiro de 2016.

ARTHUR PIOTTO FILHO
Diretor de Relações com Investidores