Para fins do disposto na Instrução CVM nº 358 e em continuidade ao Fato Relevante divulgado pela CCR S.A. ( “Companhia”) (BM&FBovespa: CCRO3; Bloomberg: CCRO3BZ; Reuters: CCRO3.SA) em 30 de junho de 2016, por meio do qual comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que apresentou à Montgomery Participações S.A. (“MONTGOMERY”) proposta vinculante (binding) para a aquisição de 50% (cinquenta por cento) de sua participação, de 30% (trinta por cento), na Concessionária da Linha 4 do Metrô de São Paulo S.A.. (“VIAQUATRO”), a Companhia comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, celebrou Instrumento Particular de Contrato de Compra e Venda de Ações e Outras Avenças (“Contrato”), com a ODEBRECHT TRANSPORT PARTICIPAÇÕES S.A. (“OTTP”) (uma das sucessoras da MONTGOMERY, antiga acionista da VIAQUATRO, em decorrência de sua cisão e incorporação das partes cindidas por seus então acionistas OTTP e RuasInvest Participações S.A.), com a interveniência-anuência da ODEBRECHT TRANSPORT S.A (“OTP”), como garantidora, e da VIAQUATRO, para aquisição da totalidade da participação detida pela OTTP na VIAQUATRO correspondente a 15% (quinze por cento) de seu capital social, observados os termos previstos no Acordo de Acionistas da VIAQUATRO. O valor total da aquisição é de R$171.143.000,00 (cento e setenta e um milhões, cento e quarenta e três mil reais), a ser atualizado, a partir desta data, na forma prevista no Contrato.

O Contrato prevê, ainda, que a consumação da aquisição e o pagamento do preço estão sujeitos ao cumprimento de certas condições suspensivas.

A VIAQUATRO é a concessionária responsável pela exploração dos serviços de transporte de passageiros da Linha 4 – Amarela do Metrô de São Paulo e tem como acionistas a Companhia, que atualmente detém 60% (sessenta por cento) das ações representativas do seu capital social; a OTPP, detentora de 15% (quinze por cento) das ações representativas do capital social, a Ruas Invest Participações S.A., detentora de 15% (quinze por cento) das ações representativas do capital social, e Mitsui & Co., Ltd., detentora de 10% (dez por cento) das ações representativas do capital social.

O Grupo CCR está sempre atento às oportunidades em infraestrutura, dentro da sua estratégia de crescimento qualificado e disciplina de capital, orientada pelas normas vigentes e as boas práticas de governança corporativa, informando aos seus acionistas e ao mercado em geral o desenrolar dos fatos que vinculem a Companhia a compromissos de investimento, com o objetivo de viabilizar soluções de novos investimentos e serviços em infraestrutura, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental das regiões onde atua.

São Paulo, 9 de março de 2017.

ARTHUR PIOTTO FILHO
Diretor de Relações com Investidores