Para fins do disposto nas Instruções CVM nº 358/02, a CCR S.A. (“CCR” / “Companhia”) (BM&FBovespa: CCRO3; Bloomberg: CCRO3 BZ; Reuters: CCRO3.SA) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral, em cumprimento às disposições do parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404, de 15.12.1976, conforme alterada (“Lei das S.A.”), e nos termos da Instrução CVM nº 358, de 03.01.2002, conforme alterada (“ICVM 358”), que em decorrência das transferências da totalidade das ações da Concessionária da Linha 4 do Metrô de São Paulo S.A. (“VIAQUATRO”) detidas pela Benito Roggio Transporte S.A. e da RATP Development S.A. para a Companhia, conforme Fatos Relevantes divulgados respectivamente, em 20 de outubro de 2015 e 23 de outubro de 2015, nesta data foi firmado o Segundo Termo Aditivo ao Acordo de Acionistas da Concessionária da VIAQUATRO (“2º TERMO ADITIVO AO ACORDO DE ACIONISTAS DA VIAQUATRO”), nos termos do artigo 118 da Lei das S.A., entre a Companhia e a Montgomery Participações S.A. (“MONTGOMERY”) e a Mitsui & Co., Ltd. (“MITSUI”), (em conjunto denominadas “ACIONISTAS”) e, como interveniente-anuente, a VIAQUATRO, tendo como objetivo refletir a alteração da composição acionária vigente da referida concessionária, por meio da qual a CCR passa a deter 60,00% das ações (60% de ações ordinárias e 60% de ações preferenciais), sendo que a MONTGOMERY e a MITSUI mantêm as respectivas participações acionárias, permanecendo inalterado o controle acionário da VIAQUATRO.

São Paulo, 04 de novembro de 2015.

Arthur Piotto Filho
Diretor de Relações com Investidores