Para fins do disposto na Instrução CVM nº 358 a CCR S.A. (“CCR”) (BM&FBovespa:CCRO3; Bloomberg:CCRO3BZ; Reuters:CCRO3.SA) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, no dia de hoje a Comissão Especial de Licitação da concorrência objeto do Edital de Concessão nº CO-44/2011 (“CONCORRÊNCIA”), promovida pela Prefeitura do Rio de Janeiro – Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Obras – SMO, divulgou o resultado do certame.

A CONCORRÊNCIA teve como objetivo selecionar a proposta mais vantajosa de concessão da outorga dos serviços de implantação, operação, manutenção, monitoração, conservação e realização de melhorias da Ligação Transolímpica (“CONCESSÃO” / “TRANSOLÍMPICA”).

A referida Comissão declarou o Consórcio Rio Olímpico (“CONSÓRCIO”), formado pela CCR (33,33%), Investimentos e Participações em Infraestrutura S.A. – Invepar (33,34%) e Odebrecht TransPort Participações S.A. (33,33%), vencedor da CONCORRÊNCIA, tornando-se o resultado público após a divulgação da respectiva ata da sessão de abertura dos envelopes contendo as propostas econômicas.

O CONSÓRCIO sagrou-se vencedor ao oferecer o maior valor a título de pagamento de outorga, no montante de R$ 57.970.000,00 (cinqüenta e sete milhões, novecentos e setenta mil reais). O CONSÓRCIO aguardará a adjudicação da CONCESSÃO.

A construção da TRANSOLÍMPICA faz parte do pacote de investimentos para a Olimpíada de 2016 que será realizada no Rio de Janeiro. A CONCESSÃO tem um prazo de 35 (trinta e cinco anos) e a via expressa tem extensão de 13 (treze) quilômetros, ligando o bairro de Deodoro à Barra da Tijuca, na Cidade do Rio de Janeiro. A via terá início na Avenida Brasil, entre a Avenida da Equitação e a Estrada do Engenho Novo, em Magalhães Bastos, se estendendo até a Estrada dos Bandeirantes, logo após o seu entroncamento com a Avenida Salvador Allende, em Jacarepaguá.

Com a participação neste projeto, a CCR busca dar continuidade ao demonstrado interesse na exploração das oportunidades no Estado do Rio de Janeiro, bem como na promoção do seu desenvolvimento sustentável por meio da melhoria da infraestrutura de transporte. A CCR já atua no referido Estado desde 1995, por meio de suas concessionárias CCR NovaDutra, CCR Ponte e CCR ViaLagos e no início deste mês, assinou Contrato de Compra e Venda de Ações e outras Avenças para aquisição de 80% (oitenta por cento) das ações representativas da Barcas S.A. – Transportes Marítimos, conforme Fato Relevante divulgado em 04/04/2012.

A conquista da CONCESSÃO da TRANSOLÍMPICA representa a concretização de mais uma importante etapa do planejamento estratégico da CCR, que visa o seu crescimento qualificado, agregar valor aos acionistas e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Brasil.

São Paulo, 19 de abril de 2012.

Arthur Piotto Filho
Diretor de Relações com Investidores